Creme Dia PhytoPlacentum

(1 avaliação de cliente)

47,00 

Proteja a sua pele, mantendo um aspeto jovem por mais tempo!

De textura rica, o novo creme de dia proporciona uma nutrição superior à pele, devido ao seu teor em aveia e ómegas 3 e 6. A fitoplacenta de soja, que corresponde a um complexo de proteínas, glicoproteínas e polissacarídeos, possui propriedades protetoras contra a radiação UV e  contribui para uma maior suavidade e firmeza da pele, reduzindo a profundidade das rugas. Adequado para peles maduras, tendencialmente mais secas.

Apresentação: boião de 50ml.

REF: F301039 Categoria:

Informações Complementares

Aplicar pela manhã o equivalente a 2 avelãs em todo o rosto, após a limpeza e cuidado complementar. Massajar até completa absorção. Evitar o contato direto com os olhos. Uso externo.

Aqua, Dimethicone, Cyclomethicone, Glycol Stearate Se, Propylene Glycol, Cetyl Alcohol, Polysorbate 20, Glycerine, Avena Sativa Kernel Extract, Glycine Soja Phytoplacenta Extract*, Linoleic Acid, Linolenic Acid, Glycoproteins, Glutamic Acid, Valine, Threonine, Phenoxyethanol, Ethylhexylglycerin, Sodium Metabisulfite, Carbomer, Triethanolamine, Parfum, Geraniol, Citronellol, Limonene, LinaLool, Alpha-Isomethyl Ionone, Hexyl Cinnamal. *Grãos De Soja Orgânicos

Apesar de integralmente sustentada em fontes de referência com reconhecido valor e prestígio nacional e internacional, a informação contida nestas páginas não pode ser considerada como exaustiva ou, apesar de todos os esforços de melhoria contínua, isenta de incorrecções inadvertidas. As plantas e seus derivados utilizados na preparação de cosméticos e suplementos alimentares têm efeitos nutricionais, e podem interagir com medicamentos e outros suplementos. A sua inclusão em produtos para consumo humano obriga à prévia determinação de segurança, porém, essa segurança depende de uma utilização responsável. A Spell One e Biovip não assume qualquer responsabilidade por problemas decorrentes da má utilização da informação disponibilizada. Se precisar de aconselhamento específico, deverá recorrer diretamente a um profissional devidamente qualificado.

Principais Ingredientes

O Phytosan™ PP é um complexo composto por proteínas, glicoproteínas e polissacarídeos isolados a partir de grãos de soja orgânicos. Estes compostos são extraídos mais especificamente da zona placentária do grão de soja, região onde a soja armazena os nutrientes e substâncias necessárias para o seu crescimento e desenvolvimento. Esta região é rica em aminoácidos, antioxidantes, vitaminas, minerais e proteínas.

Os recetores celulares, essenciais para as comunicações célula-célula, reconhecem não só moléculas endógenas como também algumas substâncias derivadas de plantas, sendo capazes de influenciar as respostas celulares. Tanto os estudos in vitro como os estudos in vivo demonstraram que os ingredientes presentes no Phytosan™ PP poderão influenciar essas respostas, aumentando a síntese de proteínas e induzindo a biossíntese de colagénio.

Este complexo demonstrou exercer uma excelente atividade anti-stress contra a radiação UV e também diminuir a formação de células provenientes da queimadura solar. O Phytosan™ PP possui um potencial fotoprotetor elevado, atuando na prevenção do envelhecimento cutâneo precoce. Como estimula simultaneamente várias funções das células regeneradoras cutâneas, este complexo contribui para melhorar a elasticidade e a textura da pele.

Bibliografia

1. CLR Chemisches Laboratorium Dr. Kurt Richter. Phytosan PP – Product Specification. 2017.

Avena sativa é uma planta membro da família Gramineae, com comprovados efeitos benéficos para a pele quando usada topicamente.

A Aveia é composta principalmente por triglicéridos, ricos em ómegas 3 e 6, e em ácidos gordos essenciais, necessários para a manutenção da função de barreira da pele. Este ativo contribui também para a redução da inflamação. 

O extrato do grão da aveia (Avena sativa kernel extract), é usado em produtos cosméticos, devido às suas capacidades antioxidantes, anti-inflamatórias, emolientes, calmantes e suavizante. Por isso, a utilização de cosméticos contendo extrato de grão de aveia, parecem ser benéficos para a pele, especialmente se for seca, propensa a erupções cutâneas, irritação, com eczemas, eritemas ou comichão.

Estudos in vitro, demonstraram que a aveia induz a expressão de genes relacionados com a diferenciação epidérmica, regulação lipídica na pele, e proporciona uma capacidade tampão de pH. Impulsionou a expressão de múltiplos genes-alvo relacionados com a barreira cutânea, e resultou na recuperação dos danos num modelo in vitro de dermatite atópica.

Bibliografia

1. Ilnytska O, Kaur S, Chon S, et al. Colloidal oatmeal (Avena Sativa) improves skin barrier through multi-therapy activity. J Drugs Dermatology. 2016;15(6):684-690.
2. Reynertson KA, Garay M, Nebus J, et al. Anti-Inflammatory activities of colloidal oatmeal (Avena sativa) contribute to the effectiveness of oats in treatment of itch associated with dry, irritated skin. J Drugs Dermatology. 2015;14(1):43-48.
3. Becker LC, Bergfeld WF, Belsito D V., et al. Safety Assessment of Avena sativa (Oat)-Derived Ingredients As Used in Cosmetics. Int J Toxicol. 2019. doi:10.1177/1091581819889904
4. Ilnytska O, Kaur S, Chon S, et al. Colloidal oatmeal (Avena Sativa) improves skin barrier through multi-therapy activity. J Drugs Dermatology. 2016.

Os ácidos gordos Ómega-3 são um subconjunto de ácidos gordos polinsaturados (PUFA) encontrados em fontes marinhas, nomeadamente em peixes gordos- como o Ácido Eicosapentanóico (EPA) e o Ácido Docosahexanóico (DHA) e em fontes vegetais, como sementes e oleaginosas- como o ALA, que também podem ser convertidos em EPA e DHA.

São incorporados em várias partes do corpo incluindo as membranas celulares, onde desempenham um papel na sua fluidez e um papel anti-inflamatório, além de serem essenciais para o apropriado desenvolvimento fetal e enve­lhecimento saudável.

A literatura indica que o consumo de óleo de peixe (rico em EPA e DHA), tem revelado melhorias na capacidade cognitiva e desenvolvi­mento saudável geral nas crianças.

O DHA é componente essencial de todas as membranas celulares e é encontrado em abundância no cérebro e retina, enquanto que ambos EPA e DHA são precursores de metabolitos mediadores lipídicos.

Os potenciais mecanismos pelos quais os ácidos gordos Ómega-3 poderão reduzir o risco de doença cardiovascular são: reduzem a suscetibilidade de arritmia ventricular, apresentem ação antitrombogénica e hipotrigliceridémica, retardam o crescimento de placas aterogénicas (por redução de adesão de moléculas, redução de fator de crescimento derivado de plaquetas e ação anti-inflama­tória), promovem a dilatação endotelial induzida por óxido nítrico e apresentam ação levemente hipotensora.

O seu potencial anti-inflamatório também aparenta contribuir para a mitigação de doenças autoimunes como artrite reumatoide, lúpus e doença inflamatória intestinal, bem como doenças cardiovasculares, metabólicas e neuropsiquiátricas.

Além disto, várias pesquisas têm demonstrado a sua capacidade para atenuar a dor muscular e a inflamação associada ao exercício físico intenso.

Para além de contribuir para a manutenção de uma normal função cerebral, o aporte adequado de DHA e EPA, proporciona a manutenção de uma visão adequada e contribui para o normal funcio­namento do coração.

Os efeitos benéficos são obtidos com uma dose diária de 250 mg de EPA e DHA, seja através da alimentação ou da suplementação com Ómega-3.

Bibliografia

1. DeFilippis AP, Sperling LS. Understanding omega-3’s. Am Heart J. 2006;151(3):564-570. doi:10.1016/j.ahj.2005.03.051
2. A K, E D. Omega-3/6 Fatty Acids and Learning in Children and Young People: A Review of Randomised Controlled Trials Published in the Last 5 Years. J Nutr Food Sci. 2018;8(2):1-10. doi:10.4172/2155-9600.1000670
3. Calder PC. Omega-3 fatty acids and inflammatory processes. Nutrients. 2010;2:355-374. doi:10.3390/nu2030355
4. Swanson D, Block R, Mousa SA. Omega-3 Fatty Acids EPA and DHA: Health Benefits Throughout Life. Adv Nutr. 2012;3:1-7. doi:10.3945/an.111.000893
5. Endo J, Arita M. Cardioprotective mechanism of omega-3 polyunsaturated fatty acids. J Cardiol. 2016;67:22-27. doi:10.1016/j.jjcc.2015.08.002
6. Kris-Etherton PM, Harris WS, Appel LJ. Fish consumption, fish oil, omega-3 fatty acids, and cardiovascular disease. Circulation. 2002;106(21):2747-2757. doi:10.1161/01.CIR.0000038493.65177.94
7. Abdelhamid AS, Brown TJ, Brainard JS, et al. Omega-3 fatty acids for the primary and secondary prevention of cardiovascular disease. Cochrane Database Syst Rev. 2018. doi:10.1002/14651858.CD003177.pub3
8. Lv ZT, Zhang JM, Zhu WT. Omega-3 Polyunsaturated Fatty Acid Supplementation for Reducing Muscle Soreness after Eccentric Exercise: A Systematic Review and Meta-Analysis of Randomized Controlled Trials. Biomed Res Int. 2020. doi:10.1155/2020/8062017

O Ácido Linoleico, ou Ómega-6, é o ácido gordo essencial mais abundante na epiderme, e os seus derivados têm um papel essencial na estrutura e função da barreira permeável do estrato córneo. Além disso, os ácidos gordos essenciais, são necessários para a síntese de ceramidas, que também são muito importantes na manutenção de uma barreira epidérmica saudável.

Bibliografia

1. Nasrollahi SA, Ayatollahi A, Yazdanparast T, et al. Comparison of linoleic acid-containing water-in-oil emulsion with urea-containing water-in-oil emulsion in the treatment of atopic dermatitis: A randomized clinical trial. Clin Cosmet Investig Dermatol. 2018;11:21-28.

1 avaliação de Creme Dia PhytoPlacentum

  1. ROSA LOURENÇO (proprietário verificado)

Adicionar uma avaliação
Carrinho de Compras
Nós sabemos! É uma chatice. Infelizmente este produto não está disponível mas se colocar o seu endereço de email abaixo e carregar no botão nós avisamos quando existir stock!
Creme Dia PhytoPlacentum
47,00 
Scroll to Top