Fitogel

29,00 

Gel formulado com extratos de plantas e óleos essenciais que promovem o bem-estar das pernas, proporcionando uma sensação de frescura imediata.

Apresentação: tubo de 200 ml.

REF: F304017 Categoria:

Informações Complementares

Aplicação tópica. Aplicar nas pernas com movimentos ascendentes.

Aqua, Glicerina, Urea, Alcohol Denat, Propylene Glycol, 2-Phenoxyethanol, Acrylates/C10-30 Alkyl Acrylate Crosspolymer, Menthol, Parfum, Ethylhexylglycerin, Mentha Arvensis, Polysorbate 20, Triethanolamine, Hamamelis Virginiana Leaf Extract, Ruscus Aculeatus Root Extract, Citrus Limon Peel Extract, Solidago Virgaurea Extract, Vitis Vinifera Leaf Extract, Citrus Limon Peel Oil, Cupressus Sempervirens Leaf/Nut/Stem Oil, Lavandula Hibrida Oil, Arnica Montana Flower Extract, Phenoxyethanol, Potassium Sorbate, Sodium Benzoate, Cistus Ladaniferus Oil.

Apesar de integralmente sustentada em fontes de referência com reconhecido valor e prestígio nacional e internacional, a informação contida nestas páginas não pode ser considerada como exaustiva ou, apesar de todos os esforços de melhoria contínua, isenta de incorrecções inadvertidas. As plantas e seus derivados utilizados na preparação de cosméticos e suplementos alimentares têm efeitos nutricionais, e podem interagir com medicamentos e outros suplementos. A sua inclusão em produtos para consumo humano obriga à prévia determinação de segurança, porém, essa segurança depende de uma utilização responsável. A Spell One e Biovip não assume qualquer responsabilidade por problemas decorrentes da má utilização da informação disponibilizada. Se precisar de aconselhamento específico, deverá recorrer diretamente a um profissional devidamente qualificado.

Principais Ingredientes

Constituído por cinco óleos essenciais 100% puros e naturais; Lemon, Lavandin, Cypress, Cistus Ladaniferus, Mentha Arvensis tem significante eficácia nos vários sintomas associados a pernas cansadas.

Validado pela ECOCERT ® Greenlife de acordo com o padrão COSMOS de cosméticos orgânicos e naturais.

  • Lemon: Ativa a circulação periférica
  • Lavandin: Tônico circulatório, analgésico, anti-inflamatório e refrescante
  • Cypress: Descongestionante venoso, vasoconstrictor
  • Cistus Ladaniferus: Propriedades tonificantes
  • Mentha Arvensis: Ação tônica, refrescante sensação de frescor

LEGACTIF™ é um novo complexo de ingredientes ativos de origem vegetal, destinado a aliviar a sensação de cansaço e peso nas pernas. Elaborado a partir de 3 ingredientes de origem vegetal (Gilbarbeira, Limão e Vara de Ouro), ele favorece a circulação e descongestiona as pernas, proporcionando uma sensação de descanso e bem-estar.   O mecanismo de ação do LEGACTIF™ se baseia na ação combinada de seus princípios ativos:  Vara de Ouro (Solidago virgaurea): rica em flavonóides, especialmente a Rutina, sua ação principal é antiedema;  Limão (Citrus medica limonum): Rico em flavonóides cítricos, como Naringina e Hesperidina, sua ação principal é antiedema;   Gilbarbeira (Ruscus aculeatus): Rico em saponinas esteroidais, como a Ruscogenina, e nos flavonóides Rutina e Hesperidina, é um forte ativador da circulação sanguínea;

Possui ainda em sua composição Mentol, Cânfora, Castanha da India e Hamamélis.

Vitis vinifera L. é uma planta nativa da Europa e Ásia ocidental, que cresce abundantemente em países mediterrânicos, sendo o vinho a bebida de eleição elaborada a partir das suas uvas, bebida muito apreciada e consumida, desde a antiguidade até aos dias de hoje.

No entanto, outros produtos derivados desta planta têm ganho interesse ao longo dos anos, pelo seu valor nutricional e medicinal, com potenciais benefícios para a saúde. A casca das uvas são ricas em terpenos, norisoprenóides e tióis, e a polpa em ácidos orgânicos e açúcares. A sua concentração em compostos fenólicos, resveratrol e quercetina, conferem-lhe relevantes propriedades antioxidantes e antimicrobianas. As suas sementes, ricas em fenóis e proantocianidinas, parecem ter um papel nutracêutico benéfico para a saúde, para além de lhe serem atribuídas  propriedades anti-inflamatórias, anti-ulcerosas, anti-cancerígenas e cardioprotetoras. O óleo das sementes é rico em ácidos gordos essenciais, vitamina E e fitoesteróis, demonstando notáveis atividades antioxidantes e anti-inflamatórias, para além de estar a ser estudada a sua capacidade anti-tumural. O uso tradicional da uva inclui, entre outros, as doenças da pele, patologias oculares, náuseas, dores de garganta, hemorroidas, doenças renais e hepáticas, sendo que na medicina Ayurvédica é considerado um tónico para o coração com utilidade nas doenças cardiovasculares, edema e inflamação.

As folhas da Videira, por sua vez, têm sido utilizadas desde tempos antigos devido às suas diversas propriedades, tal como a ação hipoglicemiante, antimicrobiana, anti-inflamatória e, particularmente, as suas propriedades antioxidantes, benéficas para o organismo. Também utilizadas no tratamento de insuficiência venosa crónica, pela eficácia demonstrada na redução do edema e da dor, atuando ao nível da circulação sanguínea microvascular. Estando as patologias neurodegenerativas e falhas de memória muitas vezes relacionadas com défices ao nível da microcirculação sanguínea cerebral, a Videira poderá apresentar efeitos benéficos a este nível. Para além disto, sendo a obesidade uma doença inflamatória que também afeta os vasos sanguíneos, causando dificuldades na circulação de leptina (hormona da saciedade) até ao cérebro, têm sido estudados os efeitos antiobesidade da V. vinifera, tanto pela sua ação na microcirculação como pelos seus efeitos anti-inflamatórios. As folhas de videira, sendo subprodutos da indústria vinícola, têm vindo a ser utilizadas na medicina tradicional pelos seus efeitos hepatoprotetores, espasmolíticos e vasodilatadores.

Em suma, os compostos naturais presentes na videira protegem as células vasculares endoteliais contra o dano inflamatório, exibindo também uma capacidade antioxidante notável, conferindo-lhe propriedades cardio e hepatoprotetoras, estando mesmo a ser estudado o seu potencial benefício como anticancerígeno.

Bibliografia

1. Martin ME, Grao-Cruces E, Millan-Linares MC, et al. Grape (vitis vinifera L.) seed oil: A functional food from the winemaking industry. Foods. 2020.
2. Ardid-Ruiz A, Harazin A, Barna L, et al. The effects of Vitis vinifera L. phenolic compounds on a blood-brain barrier culture model: Expression of leptin receptors and protection against cytokine-induced damage. J Ethnopharmacol. 2020.
3. Kedage V V., Tilak JC, Dixit GB, Devasagayam TPA, Mhatre M. A study of antioxidant properties of some varieties of grapes (Vitis vinifera L.). Crit Rev Food Sci Nutr. 2007;47(2):175-185.
4. Fernandes F, Ramalhosa E, Pires P, et al. Vitis vinifera leaves towards bioactivity. Ind Crops Prod. 2013;43:434-440.
5. Abascal K, Yarnell E. Botanicals for chronic venous insufficiency. Alternative and Complementary Therapies. 2007:304-311.
6. Margină D, Olaru OT, Ilie M, et al. Assessment of the potential health benefits of certain total extracts from Vitis vinifera, Aesculus hyppocastanum and Curcuma longa. Exp Ther Med. 2015;10:1681-1688.
7. Nassiri-Asl M, Hosseinzadeh H. Review of the pharmacological effects of Vitis vinifera (grape) and its bioactive compounds. Phyther Res. 2009.

A arnica é uma planta medicinal rica em flavonoides e compostos fenólicos, possuindo propriedades anti-inflamatórias, analgésicas, antimicrobianas, antioxidantes e anticoagulantes. Por isso, esta planta pode ser utilizada para ajudar no tratamento de vários problemas de saúde, como contusões, dores reumáticas, escoriações e dores musculares, por exemplo.

A arnica é rica em ácido carbónico, em flavonóides, em óleos voláteis e outras substâncias benéficas que podem contribuir para melhorar o aspecto da pele, aumentando a hidratação. Ela contém uma substância chamada de sesquiterpeno lactona, conhecida como helenalina, que é o principal restaurador da arnica e, juntamente com os flavonoides, ajuda na renovação da pele.

Além disso, ela possui alto poder de cicatrização, possuindo também propriedades antibacterianas e antissépticas que auxiliam na recuperação da pele em casos de queimaduras, exposição excessiva ao sol e ajudando a reduzir a inflamação da pele causada pela acne e pelas espinhas.

Bibliografia

1. Kriplani Priyanka, GUARVE Kumar et al. Arnica montana L. – a plant of healing: review. Journal of Pharmacy and Pharmacology. 69. 925-945, 2017.
2. Iannitti, Tommaso; et al. Effectiveness and Safety of Arnica montana in Post-Surgical Setting, Pain and Inflammation. Am J Ther. 23. 1; e184-97, 2016.
3. Marzzoto, Marta; et al. Arnica montana Stimulates Extracellular Matrix Gene Expression in a Macrophage Cell Line Differentiated to Wound-Healing Phenotype. PLoS One. 11. 11; e0166340, 2016
4. Ganzera, Markus; et al. Quantitative analysis of flavonoids and phenolic acids in Arnica montana L. by micellar electrokinetic capillary chromatography. Analytica Chimica Acta. 164. 196–200, 2008.

A hamamélia (Hamamelis virginiana) é um arbusto proveniente da América do Norte, rica em taninos e flavonoides. A presença destas substâncias conferem-lhe importantes propriedades ao nível do tratamento dos distúrbios circulatórios. Os taninos são responsáveis pela ação venotónica, ou seja, ativam o fluxo sanguíneo devido ao aumento da contração dos vasos, veias e capilares. A presença de flavonoides explica os efeitos vasoprotetores sobre a microcirculação, sendo responsáveis pelo aumento da resistência de pequenas veias e capilares e pela diminuição da permeabilidade capilar, da qual resulta o edema e inflamação.⁠

Os extratos e destilados da casca da hamamélia são extensamente utilizados em dermocosmética, no tratamento de eczema atópico, pele irritada e queimadura solar e na promoção da cicatrização via efeito anti-inflamatório.⁠ As folhas e casca de hamamélia contêm cerca de 10% de taninos que contribuem para as suas propriedades adstringentes e demonstram efeito em lesões oxidativas induzidas por radicais.

Os polifenóis da planta demonstraram ainda ter elevada atividade antioxidante e efeito inibitório de determinadas enzimas, com potencial benefício no processo de cicatrização de feridas e na proteção da parede das veias e capilares.

Bibliografia

1. Narayana KR, Reddy MS, Chaluvadi MR, Krishna DR. Bioflavonoids classification, pharmacological, biochemical effects and therapeutic potential. Indian J Pharmacol. 2001;33(1):2-16.
2. Deters A, Dauer A, Schnetz E, Fartasch M, Hensel A. High molecular compounds (polysaccharides and proanthocyanidins) from Hamamelis virginiana bark: Influence on human skin keratinocyte proliferation and differentiation and influence on irritated skin. Phytochemistry. 2001;58:949-958. doi:10.1016/S0031-9422(01)00361-2
3. Thring TS, Hili P, Naughton DP. Antioxidant and potential anti-inflammatory activity of extracts and formulations of white tea, rose, and witch hazel on primary human dermal fibroblast cells. J Inflamm. 2011;8:1-7. doi:10.1186/1476-9255-8-27
4. Daz-Gonzlez M, Rocasalbas G, Francesko A, Tourio S, Torres JL, Tzanov T. Inhibition of deleterious chronic wound enzymes with plant polyphenols. In: Biocatalysis and Biotransformation. ; 2012. doi:10.3109/10242422.2012.646676

Avaliações

Ainda não existem avaliações.

Seja o primeiro a avaliar “Fitogel”
Carrinho de Compras
Nós sabemos! É uma chatice. Infelizmente este produto não está disponível mas se colocar o seu endereço de email abaixo e carregar no botão nós avisamos quando existir stock!
Fitogel
29,00 
Scroll to Top