Recovering Balm – 250 Ml

Exclusivo Profissionais de Estética

Ideal para recuperação pós-desporto, alivia a fadiga e dores musculares. Combina a excelente suavidade com a eficácia dos ingredientes ativos preciosos como arnica, alecrim, manjerona, salicilato de metila e cânfora para uma sensação imediata de bem-estar.

Quantidade: 250 ml

Informações Complementares

Aplique com uma massagem nas áreas afetadas antes e depois de atividades desportivas. O produto pode ser usado para massagens desportivas e de recuperção.

Helianthus annuus seed oil, caprylic/capric triglyceride, prunus amygdalus dulcis oil, zea Septembers oil, hydrogenated castor oil, polyglyceryl-3 diisostearate, cera alba, butyrospermum parkii butter, arnica montana flower extract, rosmarinus officinalis leaf oil, tocopheryl acetate, camphor, origanum majorana leaf oil, methyl salicylate, linalool, limonene, geraniol.

Apesar de integralmente sustentada em fontes de referência com reconhecido valor e prestígio nacional e internacional, a informação contida nestas páginas não pode ser considerada como exaustiva ou, apesar de todos os esforços de melhoria contínua, isenta de incorrecções inadvertidas. As plantas e seus derivados utilizados na preparação de cosméticos e suplementos alimentares têm efeitos nutricionais, e podem interagir com medicamentos e outros suplementos. A sua inclusão em produtos para consumo humano obriga à prévia determinação de segurança, porém, essa segurança depende de uma utilização responsável. A Spell One e Biovip não assume qualquer responsabilidade por problemas decorrentes da má utilização da informação disponibilizada. Se precisar de aconselhamento específico, deverá recorrer directamente a um profissional devidamente qualificado.

Principais Ingredientes

A arnica é uma planta medicinal rica em flavonoides e compostos fenólicos, possuindo propriedades anti-inflamatórias, analgésicas, antimicrobianas, antioxidantes e anticoagulantes. Por isso, esta planta pode ser utilizada para ajudar no tratamento de vários problemas de saúde, como contusões, dores reumáticas, escoriações e dores musculares, por exemplo.

A arnica é rica em ácido carbónico, em flavonóides, em óleos voláteis e outras substâncias benéficas que podem contribuir para melhorar o aspecto da pele, aumentando a hidratação. Ela contém uma substância chamada de sesquiterpeno lactona, conhecida como helenalina, que é o principal restaurador da arnica e, juntamente com os flavonoides, ajuda na renovação da pele.

Além disso, ela possui alto poder de cicatrização, possuindo também propriedades antibacterianas e antissépticas que auxiliam na recuperação da pele em casos de queimaduras, exposição excessiva ao sol e ajudando a reduzir a inflamação da pele causada pela acne e pelas espinhas.

Bibliografia

1. Kriplani Priyanka, GUARVE Kumar et al. Arnica montana L. – a plant of healing: review. Journal of Pharmacy and Pharmacology. 69. 925-945, 2017.
2. Iannitti, Tommaso; et al. Effectiveness and Safety of Arnica montana in Post-Surgical Setting, Pain and Inflammation. Am J Ther. 23. 1; e184-97, 2016.
3. Marzzoto, Marta; et al. Arnica montana Stimulates Extracellular Matrix Gene Expression in a Macrophage Cell Line Differentiated to Wound-Healing Phenotype. PLoS One. 11. 11; e0166340, 2016
4. Ganzera, Markus; et al. Quantitative analysis of flavonoids and phenolic acids in Arnica montana L. by micellar electrokinetic capillary chromatography. Analytica Chimica Acta. 164. 196–200, 2008.

É famoso pela sua ação suavizante e regeneradora da pele sensível, irritada ou danificada. Suaviza a pele vermelha, especialmente após as queimaduras solares.

A árvore aromática Cinnamomum camphora (L.) é natural de países asiáticos, incluindo Japão, Taiwan e China, apesar de estar também presente noutros locais do mundo. Todas as partes da planta, desde o tronco, às folhas e bagas têm um cheiro característico, sendo que faz parte do seu óleo essencial o ativo principal desta árvore, a cânfora natural.

A cânfora há muito que é utilizada na medicina tradicional como analgésico, anti-prúrido, antiespasmódico e anti-inflamatório. Além disso, como tem ainda ação enquanto expetorante, descongestionante nasal e anti-tússico, é amplamente utilizada em tratamentos caseiros para a constipação.

Outro dos grandes potenciais terapêuticos da cânfora diz respeito à sua ação enquanto rubefaciente, o que contribui para as suas propriedades analgésicas. Num estudo foi demonstrado que este ativo induz uma reação de arrefecimento, seguida de aquecimento, aquando da sua aplicação tópica, aumentando a circulação sanguínea no local de aplicação. No período incial de estimulação, a concentração da cânfora junto aos nervos é baixa, provocando uma sensação de frio. No entanto, conforme vai aumentando a sua concentração, vai também aumentando o seu efeito, o que leva, por sua vez, a uma sensação de aquecimento cutâneo.

A toxicidade da cânfora está bem documentada, sendo que a ingestão de dosagens superiores a 2 gramas causa efeitos tóxicos nos adultos, envolvendo o trato gastrointestinal, os rins e o cérebro. Os sintomas característicos de envenenamento após a ingestão desta substância são: náuseas, vómitos, enxaquecas, tonturas, tremores musculares, convulsões e delírio, sendo que doses superiores a 3,5g podem ser letais. A inalação desta substância pode ainda provocar irritação das mucosas, da pele ou dos olhos. Como tal, é necessária precaução na utilização de cânfora, sendo que o seu uso é desaconselhado em crianças.

Bibliografia

1. Chen W, Vermaak I, Viljoen A. Camphor—A Fumigant during the Black Death and a Coveted Fragrant Wood in Ancient Egypt and Babylon—A Review. Molecules. 2013;(18):5434-5454. doi:10.3390/molecules18055434
2. Kotaka T, Kimura S, Kashiwayanagi M, Iwamoto J. Camphor Induces Cold and Warm Sensations with Increases in Skin and Muscle Blood Flow in Human. Pharm Soc Japan. 2014;37(December):1913-1918.

O alecrim é uma erva aromática que pode melhorar o funcionamento do sistema nervoso, proteger o fígado, atuar como antioxidante, aliviar a dor, melhorar a circulação sanguínea, favorecer a digestão dos alimentos e proteger o fígado.

Esse efeitos do alecrim na saúde acontecem porque essa planta possui propriedades tônicas, antioxidantes, estimulantes, antissépticas, diuréticas, cicatrizantes e antimicrobianas.

O alecrim ajuda a melhorar o funcionamento do sistema nervoso, já que estimula a circulação e o sistema nervoso, sendo útil em casos de esgotamento mental devido ao excesso de trabalho, por exemplo, uma vez que é capaz de melhorar a memória, a concentração e o raciocínio, e ajuda a prevenir e tratar problemas como depressão e ansiedade.

O alecrim possui propriedades anti-inflamatórias e analgésicas, além de melhorar a circulação sanguínea de forma geral, podendo ser usada para complementar o tratamento de varizes, dor de cabeça, enxaqueca, artrite e gota.

Além disso, o alecrim ajuda a melhorar os sintomas da TPM, como cólicas abdominais, a regular a menstruação e a reduzir o sangramento excessivo durante a menstruação.

O alecrim possui propriedade descongestionante e febrífuga, de forma que pode ajudar no tratamento da gripe e do resfriado, diminuindo a febre, diluindo o muco e aliviando a dor de garganta.

Bibliografia:

1. Nieto, Gema et al.. Antioxidant and Antimicrobial Properties of Rosemary (Rosmarinus officinalis, L.): A Review. MDPI – Medicines. Vol.5, n.98. 2018.
2. UROPEAN MEDICINES AGENCY. Assessment report on Rosmarinus officinalis L., aetheroleum and Rosmarinus officinalis L., folium. 2010.
3. Andrade, Joana M. et al. Rosmarinus officinalis L.: an update review of its phytochemistry and biological activity. Future Sci OA. Vol.4(4). FSO283, 2018.
4. De Aquino Eronita. Nutrição & Fitoterapia: Tratamento alternativo através das plantas. 2º. Brasil: Vozes, 2011. 34-36.

Muito utilizada no tratamento de problemas digestivos devido à sua ação anti-inflamatória e digestiva, como diarreia e má digestão, por exemplo, mas também pode ser usada para aliviar os sintomas de stress e ansiedade, pois consegue atuar no sistema nervoso. Possui ação anti-espasmódica, expetorante, mucolítica, cicatrizante, digestiva, antimicrobiana, anti-inflamatória e antioxidante, podendo ser utilizada para ajudar a aliviar as dores musculares e nas articulações.

Tem ação irritante e rubefaciente, além das ações analgésicas e anti-inflamatórias, que são características dos salicilatos. É amplamente utilizado no alívio de dores musculares, contusões, dores reumáticas, mialgia, nevralgia e torcicolo.

Avaliações

Ainda não existem avaliações.

Seja o primeiro a avaliar “Recovering Balm – 250 Ml”
Carrinho de Compras
Nós sabemos! É uma chatice. Infelizmente este produto não está disponível mas se colocar o seu endereço de email abaixo e carregar no botão nós avisamos quando existir stock!
Scroll to Top